Tillandsia: Saiba como cultivar essas plantas exóticas

Tempo de leitura: 8 min

Escrito por gabriel
em novembro 21, 2022

A natureza é algo extraordinário e que quanto mais conhecemos e estudamos mais ficamos admirados com o seu tamanho e toda proporção, diante disso, as plantas merecem um destaque especial principalmente a espécie Tillandsia.

As Tillandsias são um gênero de plantas da mesma família que as bromélias, agregando em média mais de 650 espécies, tendo uma proporção diante da natureza totalmente considerável.

Também conhecidas como air plants, esse gênero de plantas são consideradas exóticas e elas costumam se hospedar sob as copas das árvores em lugares totalmente ventilados.

Logo, diante das avaliações ambientais em relação a essa planta se descobriu que ela se hospeda em lugares ventilados para que assim, elas possam propagar suas sementes que são levadas ao vento.

Além do mais, outra curiosidade totalmente interessante e que causa um espanto nas pessoas em relação a essa planta é que elas não precisam de terra para se desenvolver, nem de substratos para serem cultivadas.

Sendo assim, é extremamente comum que as Tillandsias sejam encontradas apoiadas em árvores epífitas ou até mesmo pedras rupícolas, tendo seu crescimento e toda propagação através desse processo.

Por isso, caso você queira cultivar essa planta e contar com a beleza exótica dela em seu jardim ou até mesmo em um vaso de flores, é essencial ter alguns cuidados especiais e realizar ações para que ela se mantenha sempre impecável.

Afinal de contas, nós estamos falando de uma planta que cresce em árvores e rochas, dessa forma é essencial ter alguns cuidados especiais e se atentar ao máximo a suas características e propriedades.

Pensando nisso, hoje iremos falar justamente sobre a Tillandsias, fazendo com que você entenda suas características e prioridades, o seu grupo de família, como cultivá-la em um ambiente fechado e tudo o que você precisa saber sobre esse gênero de planta. Vamos lá!

Características e propriedades das Tillandsias 

Como está sendo visto, as plantas Tillandsias possuem algumas características que as diferenciam das demais plantas e fazem com que de fato elas sejam únicas e que através da sua composição se tenha elementos totalmente diferentes.

Sendo assim, dentre as características dessa planta que merecem destaque podemos citar a sua alta capacidade de sobrevivência, além de conseguirem se adaptar aos ambientes de uma forma totalmente positiva.

Além do mais, para que você tenha ainda mais informações e conhecimento sobre esse gênero de plantas, confira as principais características que as compõem.

  • Crescem sem grandes cuidados;
  • Dão na maioria dos ambientes;
  • Não necessitam de terra para sobreviver;
  • Para elas basta um lugar para fixar as raízes;
  • Na natureza crescem em cima de outras plantas;
  • Captam os nutrientes e a água através das folhas.

Logo, se você busca contar com essa planta por exemplo, em uma ponta de gôndola, levar em consideração essas características tendem a te proporcionar muito mais precisão e conhecimento para que as plantas estejam sempre impecáveis.

Além do mais, existem algumas espécies dessas plantas que são específicas, como é o caso Tillandsias flexuosas que também gostam de estar em um vaso de barro para orquídeas, onde ela pode ser fixada enrolando sua base de fibra de coco.

Por isso, se você deseja conhecer mais sobre essa planta ou até mesmo realizar o seu cultivo, levar em consideração essas características, é um passo necessário e que tende a te proporcionar êxito diante do cuidado das Tillandsias.

Grupo de família das Tillandsias 

As Tillandsias quando consideramos o grupo de família em que elas fazem parte são justamente as bromélias, compreendendo em média com mais de 650 espécies e sendo consideradas como plantas exóticas.

Além do mais, ao considerar o grupo em que essa planta faz parte elas são caracterizadas como as maiores, pois as Tillandsias possuem em média mais de 400 espécies espalhadas desde a América do Norte até a Argentina.

Elas tem sua plantação e cultivo nos mais diversos habitats, podendo ser encontrada até mesmo em áreas praticamente desérticas ou em densas florestas tropicais, sendo em suma maioria epífitas.

Entretanto, ao buscar cultivar esse tipo de planta, por mais que elas sejam caracterizadas por sua resistência, é essencial contar com uma empresa de controle de pragas, garantindo com que seu crescimento seja totalmente impecável.

Como cultivar as Tillandsias em ambientes fechados? 

Como está sendo visto essas plantas se diferenciam em relação a outros gêneros e diante do seu cuidado sendo assim é necessário que haja uma atenção especial e algumas ações para cultivar essa planta de uma forma eficaz.

Dessa forma, como a adubação para melancia é um processo necessário para o crescimento dessas frutas, quando se considera as Tillandsias é necessário entender que elas não apreciam a luz do sol direta e preferem sempre a meia sombra.

Além disso, algo importante a ter em mente é que as regas e a pulverização em casa, segundo alguns paisagistas, devem ser sempre feitas de duas a três vezes por semana no verão e uma vez semanal quando se trata do inverno.

Vale ressaltar também, que ao se tratar das regas e pulverização é necessário aumentar ou diminuir a frequência considerando a luminosidade e a umidade do ambiente.

Por isso, assim como o luminômetro é uma ferramenta que garante a qualidade e higienização dos produtos de limpeza, esses cuidados fazem com que as Tillandsias também cresçam com qualidade e com o máximo de higienização.

Com isso, é essencial também que as plantas sejam submersas completamente por 5 a 10 minutos até escorrer bem, sendo necessário que esse processo ocorra uma vez no mês no verão e com menos frequência no inverno.

Tipos de Tillandsias existentes 

Como as Tillandsias possuem algumas diferenças quando se considera com outras plantas, elas são dividas em três grupos e é essencial conhecer cada um deles e ter consciência sobre as suas características.

Dessa forma, confira os três grupos das Tillandsias e saiba ainda mais características em relação a esse tipo de planta.

Tillandsias com folhas acinzentadas 

Esse tipo de tillandsia se caracteriza por ter folhas recobertas por minúsculas escamas, que possuem como sua principal função absorver a água e lhe conferir um tom prateado.

Dessa forma, ao cultivar esse tipo de Tillandsias e buscar fazer com que ela cresça de uma forma positiva, é essencial se atentar ao coletor de água da chuva, pois esse elemento tende a ser um dos grandes aliados para realizar a rega das plantas. 

Tillandsias com folhas delgadas 

Nesse tipo de Tillandsia as folhas se caracterizam por ter uma quantidade menor de escamas, que geralmente se concentram na base das folhas. 

Além disso, esse segundo grupo de Tillandsia se desenvolve melhor em locais mais amenos e úmidos, tolerando um maior percentual de sombra e se adaptando muito bem a esses locais. 

Por isso, para que haja um cuidado especial com essa planta e até mesmo com o seu transporte, um saco de ráfia 50 KG tende a garantir a segurança e fazer com que as plantas estejam impecáveis. 

Tillandsias com folhas macias 

O último grupo além de contar com folhas mais macias, as folhas também se caracterizam por serem mais largas e menos espessas. Além do mais, esse tipo geralmente são originários de florestas úmidas tropicais. 

Vale ressaltar também que elas apreciam o clima ameno e a sombra, sendo o tipo principal para cultivar diante dos ambientes internos, pois elas ficam lindas através de arranjos florais e se adaptam muito bem.

Por isso, assim como diante de um projeto de aterramento se tem o máximo de cuidado para que tudo ocorra da melhor forma possível, diante da plantação dessa planta em casa também se deve ter o máximo de cuidado e atenção possível. 

Dicas para melhor conservar as Tillandsias

Como foi evidenciado em alguns momentos do texto as Tillandsias possuem suas particularidades e um cuidado especial diante das suas características, sendo necessário estabelecer ações para que se conserve essa planta incrível.

Sendo assim, para te auxiliar diante do cultivo e preservação das Tillandsias, confira algumas para conservá-la e mantê-la sob o máximo de cuidado. 

Tenha atenção a quantidade de luz necessária

Na natureza, essas plantas costumam viver sobre a sombra das árvores, logo ao estar cultivando as Tillandsias opte por um lugar com luz indireta e boa ventilação, pois esse cuidado tende a ser determinante. 

Além disso, um ponto de atenção diante do cultivo dessa planta é que elas nunca podem ser mantidas em terraços ou jardins abertos, pois a luz direta do sol em excesso pode acabar matando as Tillandsias.

Observe o seu crescimento

Algo comum ao se tratar desse tipo de planta que as pessoas não estão acostumadas, é que elas não precisam do solo para crescer, podendo estar por exemplo, diante de pedras, madeiras ou até mesmo suportes decorativos. 

Entretanto, essa planta se caracteriza por ter um sistema de enraizamento delicado e pequeno, o que faz com que o cuidado para envasá-las em um recipiente seja ainda maior. 

Suas flores só crescem uma vez 

Uma curiosidade muito interessante em relação às Tillandsias é que as suas flores só crescem uma vez, oque faz com que o cuidado em relação a essa planta e seu cultivo seja ainda maior. 

Além do mais, como elas só crescem uma vez, é crucial ter um cuidado para que suas flores se mantenham por muito tempo, aproveitando a beleza e todos os elementos exóticos e incríveis dessa planta. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade