Saiba a diferença entre Aprendiz e Estagiário!

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por admin
em setembro 21, 2021

Entende os objetivos de cada tipo de vínculo com empresas

Quem está na adolescência ou no início da fase adulta, com certeza está buscando entrar no mercado de trabalho. E nesse início da vida profissional, os jovens podem buscar vagas de aprendiz ou estagiário. Essas ocupações são comuns para profissionais em formação e são excelentes opções para as empresas reforçarem as suas estratégias de retenção de talentos.

Muitos jovens possuem dúvidas sobre as diferenças entre aprendiz e estagiário. Aqui vamos falar sobre as principais semelhanças e diferenças entre ambas as funções. Para o RH de empresas, oferecer vagas de aprendiz e estagiário é uma forma barata de captar talentos para a empresa e conseguir formar profissionais para o negócio.

Saiba a diferença entre Aprendiz e Estagiário!
Saiba a diferença entre Aprendiz e Estagiário!

O que é e o que faz um estagiário?

O estagiário é um profissional contratado para ser uma espécie de auxiliar dentro da empresa. No trabalho, o intuito é aprender mais sobre as funções do seu segmento na prática. Todo estagiário possui um supervisor, que é responsável pela orientação e avaliação do profissional.

O tempo do estágio deve se adequar ao período de aulas do estagiário. Por lei, um estagiário está limitado a trabalhar seis horas por dia, mas existem estágios com carga horária de 4 horas ou até menos tempo.

Todo contrato de estágio deve obedecer a uma regulamentação específica. Os contratos de estágio são de 6 meses e podem ser renovados até o período máximo de 2 anos. Os contratos não preveem a formação de vínculo empregatício e podem ser no formato obrigatório ou não-obrigatório.

O formato depende do curso que o estagiário cursa na universidade. O estágio obrigatório se refere a cursos que cobram um cumprimento de horas em estágio para que o estudante possa receber o diploma universitário.

Já o estágio não-obrigatório não é um regime cobrado para que o aluno conclua o curso. O estagiário recebe uma bolsa-auxílio, ajuda para transporte e tem direito a férias.

O que é e o que faz um aprendiz?

O programa Jovem Aprendiz visa capacitar profissionalmente jovens entre 14 e 24 anos. O aprendiz pode ter um contrato renovável por até dois anos e está previsto na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) e possui retenção de FGTS de 2% sobre o valor do auxílio.

Os programas de Jovem Aprendiz são mais amplos do que os programas de estágio. O aprendiz pode estar cursando escolas do ensino fundamental e médio ou um curso técnico. A remuneração do aprendiz busca ajudar o estudante a conseguir seguir os estudos e se qualificar profissionalmente na prática.

O principal intuito deste programa é viabilizar a entrada de jovens no mercado, sendo o primeiro emprego da maioria das pessoas. A carga horária do aprendiz pode chegar a até 8 horas por dia.

Além disso, empresas de grande porte são obrigadas por lei a terem 5% e 15% de seu quadro de funcionários formado por jovens aprendizes. Para pequenas e microempresas, a contratação de aprendiz é facultativa.

Quais são as principais diferenças entre aprendiz e estagiário?

Tanto a função de estagiário como a de aprendiz possuem o intuito de facilitar a entrada de jovens no mercado de trabalho. O principal objetivo é ajudar jovens a ganharem experiência prática em suas futuras profissões.

Porém, mesmo que tenham basicamente o mesmo objetivo, há algumas diferenças entre ambas. A primeira delas é que o estágio é uma atividade educacional e não possui vínculo com leis trabalhistas comuns, enquanto o aprendiz possui um contrato de trabalho regido pela CLT.

O estágio é uma atividade que faz parte da educação dos alunos de universidades, cursos profissionalizantes de ensino médio e educação especial ou EJA (educação de jovens e adultos). O aprendiz é treinado pelo empregador, que se compromete a garantir a sua formação profissional.

Outra diferença é que o programa de jovem aprendiz abrange jovens de 14 a 24 anos, abrindo a possibilidade da contratação de jovens do ensino fundamental também. Já o estágio visa a contratação de jovens a partir do ensino médio.

Quais são as principais vantagens de contratar um aprendiz ou estagiário?

As empresas já perceberam as vantagens de contar com aprendizes e estagiários. A possibilidade de participar ativamente da formação dos profissionais é essencial para atrair e reter talentos para uma empresa. Confira abaixo alguns dos principais benefícios de ter estagiários e aprendizes na equipe:

  • Atração e retenção de talentos: a empresa consegue encontrar talentos ainda não lapidados pelo mercado.
  • Mais criatividade e produtividade: jovens profissionais têm muito a oferecer, oferecendo um trabalho bastante ativo e baseado em produtividade e criatividade.
  • Oportunidade de beneficiar uma região: contratar jovens da região local também é fundamental para fortalecer a economia da região e para reforçar a imagem da empresa perante os moradores daquela comunidade.

Estágio e jovem aprendiz são meios essenciais na formação de profissionais, sendo o primeiro passo de muitos jovens no mercado de trabalho. E as empresas já estão atentas a essa novidade e estão buscando contratar estes profissionais pensando no médio e longo prazo. Se você tem uma empresa, contrate aprendizes e estagiários!

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade