Saiba como fazer uma planilha de gastos pessoais

Tempo de leitura: 8 min

Escrito por gabriel
em março 17, 2023

A ideia de montar uma planilha de gastos pode ser um pesadelo para muitas pessoas, mas no cenário econômico brasileiro, ela é uma ferramenta fundamental para a gestão doméstica.

De acordo com dados do Banco Central do Brasil, a taxa de endividamento das famílias brasileiras chegou a 51,6% da renda em setembro de 2021, o maior patamar desde 2015. 

Esse índice considera dívidas com cartões de crédito, financiamentos de veículos, empréstimos pessoais e imobiliários, entre outros.

Em relação aos tipos de dívidas, os dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) indicam que o cartão de crédito é o principal responsável pelo endividamento dos brasileiros.

É importante destacar que o endividamento pode ser revertido, desde que as dívidas sejam planejadas e assumidas de forma consciente e responsável. 

Para isso, é possível contar com os serviços de uma empresa de software que cria programas para a montagem de planilhas e gráficos de controle financeiro, além de aplicativos para celular, etc.

A gestão financeira adequada, como o controle dos gastos e a criação de um orçamento, pode ajudar as famílias a evitarem o endividamento excessivo e a manterem uma situação financeira saudável.

O que é uma planilha de gastos pessoais?

Uma planilha de gastos pessoais é uma ferramenta utilizada para controlar e acompanhar as despesas financeiras de uma pessoa. Pode ser muito útil durante um processo de auditoria contábil.

Essa planilha geralmente é criada em um programa de planilha eletrônica, como o Microsoft Excel ou o Google Sheets, e é organizada em colunas que registram as informações sobre as despesas, tais como: 

  • Data;
  • Categoria; 
  • Valor; 
  • Descrição; 
  • Forma de pagamento. 

Ao registrar todas as despesas em uma planilha de gastos pessoais, é possível ter uma visão clara de quanto está sendo gasto em cada categoria, quanto dinheiro está sendo utilizado por mês, e assim, planejar melhor as finanças. 

Além disso, a planilha pode ser usada para estabelecer metas de economia, monitorar as despesas em relação à renda e identificar onde é possível reduzir os gastos para atingir um orçamento equilibrado.

Qual a importância dessa ferramenta?

Cuidar das finanças é fundamental para manter uma vida financeira saudável e equilibrada. A planilha de gastos permite o controle e o acompanhamento das despesas de forma organizada e sistemática. 

Manter uma planilha de gastos pessoais pode parecer trabalhoso e desnecessário para algumas pessoas, mas na verdade, é uma prática simples que pode trazer grandes benefícios. 

Com essa ferramenta, é possível ter uma visão clara e objetiva do dinheiro que entra e que sai, das despesas fixas e variáveis, e das áreas onde é possível economizar e fazer o cálculo de décimo terceiro, por exemplo, com facilidade. 

A principal vantagem de utilizar uma planilha de gastos pessoais é o controle financeiro. Com ela, é possível acompanhar o orçamento de perto e saber exatamente para onde o dinheiro está indo. 

Dessa forma, é mais fácil evitar gastos desnecessários, identificar áreas onde é possível economizar e estabelecer metas de economia. 

Além disso, a planilha ajuda a evitar surpresas desagradáveis, como a falta de dinheiro para pagar contas no final do mês. Com o registro de todas as despesas, é possível planejar os gastos com antecedência e evitar que o orçamento fique no vermelho.

Outro benefício da planilha de gastos pessoais é o estímulo ao hábito de poupar dinheiro. Com a visão clara das despesas e da capacidade financeira, é mais fácil estabelecer uma meta de poupança e planejar como atingi-la. 

Por fim, a planilha de gastos pessoais é uma ferramenta indispensável para quem quer ter uma vida financeira saudável e equilibrada. Com essa ferramenta simples e eficiente, é possível alcançar a tranquilidade financeira e viver com mais tranquilidade e segurança.

Principais benefícios da planilha

Manter uma planilha de gastos pessoais é uma ótima maneira de ter controle financeiro e acompanhar suas despesas de forma organizada e detalhada. 

O primeiro benefício é o controle financeiro. Ao registrar todas as despesas na planilha, é possível visualizar com clareza quanto dinheiro está sendo gasto em cada categoria, como alimentação, transporte, moradia, entre outras. 

Dessa forma, é possível avaliar se seus gastos estão dentro do orçamento e tomar decisões mais conscientes sobre onde gastar o dinheiro com orientação de bons serviços de contabilidade

Além disso, a planilha também ajuda a identificar áreas onde é possível economizar. Com a visão clara dos gastos, é possível avaliar se há algum gasto desnecessário e cortá-lo, direcionando o dinheiro para outras áreas ou simplesmente economizando. 

Outro benefício da planilha é a facilidade de planejamento financeiro. Sabendo exatamente quanto dinheiro entra e sai, é possível planejar com mais precisão e antecedência gastos futuros, como viagens, compras ou investimentos. 

A planilha também pode ser usada para estabelecer metas financeiras, como economizar para uma reserva de emergência, pagar dívidas ou investir em uma nova habilidade.

Caso tenha dificuldades com as finanças, contar com um consultoria contábil pode ser uma saída.

Ao registrar todas as despesas, é mais fácil ter uma ideia realista do dinheiro disponível e evitar gastar mais do que se pode pagar. Além disso, a planilha ajuda a identificar quais são as contas que precisam ser pagas e quando, evitando atrasos e cobranças de juros. 

Por fim, a planilha de gastos pessoais pode ser uma ferramenta motivadora para poupar dinheiro. Ao registrar as economias, é possível acompanhar o progresso e sentir-se motivado para continuar economizando e atingir objetivos financeiros maiores.

Desenvolva a sua planilha de gastos pessoais

Criar uma planilha de controle de gastos pessoais pode parecer um desafio para muitas pessoas, mas é uma tarefa fundamental para manter as finanças em ordem e ter um controle mais efetivo sobre as despesas mensais. 

Antes de criar a planilha, é importante identificar as categorias de gastos que serão registradas. Por exemplo, pode-se dividir as despesas em alimentação, transporte, moradia, lazer, saúde, entre outras. 

Para ter uma visão clara dos gastos, você deve registrar a data e o valor de todas as despesas, desde contas fixas, como aluguel e energia elétrica, até gastos variáveis, como uma ida ao cinema ou um serviço de digitalização de documentos

Organize as categorias de gastos em colunas na planilha. Em seguida, insira as informações de cada despesa em linhas na planilha. Use fórmulas simples para somar os gastos em cada categoria e calcular o total gasto no mês.

Com a planilha organizada, é possível identificar as áreas onde está gastando mais dinheiro e avaliar se é possível economizar. Por exemplo, se estiver gastando muito com alimentação fora de casa, talvez seja hora de começar a preparar as refeições em casa. 

Use a planilha para estabelecer metas financeiras, como economizar uma determinada quantia por mês ou pagar uma dívida em um prazo específico. Registre o progresso na planilha e ajuste as metas conforme necessário. 

Para que a planilha seja eficaz, é importante atualizá-la regularmente, registrando todas as despesas. Defina uma data fixa para atualizar a planilha, como todo final de semana ou a cada 15 dias. 

Informações indispensáveis na planilha

Algumas informações que não podem faltar na planilha de controle de gastos pessoais incluem: 

Valor da despesa

É importante registrar o valor gasto em cada despesa para ter um controle claro dos gastos mensais.

Data da despesa

Registrar a data da despesa ajuda a identificar padrões de gastos e pode ajudar a prever os gastos futuros.

Categoria de gastos

Categorizar as despesas ajuda a identificar onde está gastando mais dinheiro e a encontrar maneiras de economizar.

Forma de pagamento

Registrar a forma de pagamento ajuda a controlar o fluxo de dinheiro e a identificar áreas onde pode ser possível utilizar meios mais econômicos. 

Criar uma planilha de controle de gastos pessoais e fazer uma boa gestão eletrônica de documentos é um processo importante para manter as finanças em ordem e ter um controle mais efetivo sobre as despesas mensais. 

Aprenda a usar a planilha com eficiência

Uma planilha de controle de gastos pessoais pode ser uma ferramenta poderosa para ajudá-lo a administrar seu dinheiro de forma eficiente e alcançar seus objetivos financeiros. No entanto, para obter o máximo benefício, é importante usá-la corretamente.

A planilha deve ser personalizada de acordo com as necessidades pessoais de cada um. Avalie a situação financeira da sua família, os tipos de gastos recorrentes e ajuste a configuração das tabelas conforme necessário. 

Assim como sistemas de check out supermercado preço, modelos disponíveis online são excelentes pontos de partida, mas não são efetivos para todas as realidades. Dedique algum tempo a remodelar a sua planilha até que faça sentido para a sua vida financeira.

Também é importante criar o hábito de registrar os gastos assim que for possível. Caso tenha uma rotina de atualização quinzenal da planilha, é provável que se esqueça o destino e o valor exato de algumas despesas.

Guarde os cupons fiscais, faça uma anotação simples no bloco de notas do celular ou mesmo em um caderno e tenha as informações corretas para quando for atualizar a planilha.

Com a planilha pronta e os gastos registrados, separe um tempo para fazer uma espécie de auditoria contábil e analisar os dados levantados. Entenda seus padrões de gasto, o que pode ser reduzido ou redirecionado, quais metas ainda fazem sentido para a sua vida, etc.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade