O Âmbar e seus Poderes Mágicos

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por admin
em agosto 29, 2022

Antigamente, a pedra de ambar era considerad uma pedra extremamente misteriosa, sua origem e propriedades não puderam ser explicadas por muito tempo. Foram inúmeras as comunicações escritas e orais tentando explicar o fenômeno da criação desta bela pedra. A aura de mistério que o cercava, com o tempo, trouxe a ele qualidades mágicas.

A Importância do Âmbar na História

O âmbar já era conhecido na antiga Babilônia, Egito, Grécia, Roma e até na China. Os pingentes de âmbar encontrados durante as escavações arqueológicas, com ornamentos geométricos, cortes e, às vezes, imagens de pessoas e animais, poderiam servir como amuletos usados ​​na magia de caça pelos habitantes.

Na Roma antiga, o âmbar era popular como material decorativo, também era atribuído um poder protetor. Seu auge no Império Romano começou com a famosa expedição do administrador dos jogos de gladiadores durante o reinado do imperador Nero. Grandes quantidades de âmbar trazidas naquela época possibilitaram organizar os jogos “em um ambiente âmbar”.

No entanto, era mais frequentemente usado para fazer jóias, que, além das qualidades decorativas, também deveriam ter uma função protetora, prevenir a inflamação das amígdalas e outras doenças da garganta. Também tratava ataques de raiva e problemas com a micção. Esmagado com mel ático deveria ajudar com doenças de ouvido e visão, e esfregado em pó ou bebido com resina perfumada era para neutralizar doenças de estômago.

O efeito curativo do âmbar

Na medicina natural, o âmbar sempre foi um remédio muito popular. Foi dado às crianças para aliviar doenças desagradáveis ​​durante a dentição. Foi usado para tratar reumatismo, doenças dos olhos e da garganta. Era uma crença comum que usar um barril de âmbar bruto ou outros produtos feitos desta pedra protege contra a esterilidade, razão pela qual era um elemento importante do dote da noiva.

Acreditava-se profundamente que o simples uso de jóias de âmbar protege o usuário de todos os encantos e tem um efeito positivo em sua saúde física e mental, sendo o uso de um colar de âmbar para ansiedade extremamente recomendado. Um pedaço de âmbar bruto aplicado ao plexo solar deveria estabilizar o trabalho do coração, sistema circulatório e baço.

No século XIX, as farmácias eram equipadas com vários tipos de bálsamos de âmbar, pomadas e tinturas para fins medicinais e cosméticos. Naquela época, o âmbar era recomendado como um remédio eficaz contra os efeitos negativos do tabagismo. Por esta razão, cachimbos e piteiras com bocais de âmbar eram muito populares.

As propriedades benéficas do âmbar foram apoiadas pelos resultados da pesquisa científica. Descobriu-se que o ácido succínico atua como um bioestimulante que estimula o sistema nervoso, regula o funcionamento dos rins e intestinos, é um agente anti-inflamatório e antitóxico. Com base neste ingrediente, começou a produção de pomadas e cremes para doenças reumáticas e asmáticas, úlceras e irritações da pele.

Em várias partes do mundo, o âmbar é usado para massagem ativa e massagem pontual. Caminhadas medicinais em uma camada de cascalho âmbar também são comuns.

O ácido e o óleo obtidos a partir desta matéria-prima são utilizados na indústria cosmética porque destroem radicais livres e bactérias, possuem propriedades desinfetantes e aliviam os efeitos de queimaduras e picadas de insetos.

As preparações que contêm âmbar destinam-se ao cuidado da pele cansada. Melhoram a hidratação e lubrificação, aumentam a firmeza e elasticidade, reduzem a rugosidade da epiderme e suavizam as rugas.

O ácido e o óleo obtidos a partir desta matéria-prima são utilizados na indústria cosmética porque destroem radicais livres e bactérias, possuem propriedades desinfetantes e aliviam os efeitos de queimaduras e picadas de insetos. As preparações que contêm âmbar destinam-se ao cuidado da pele cansada. Melhoram a hidratação e lubrificação, aumentam a firmeza e elasticidade, reduzem a rugosidade da epiderme e suavizam as rugas.

A pesquisa mostrou que esta pedra contém muitos micronutrientes valiosos, como: silício, magnésio, ferro, cálcio, potássio, compostos orgânicos combinados com iodo, substâncias voláteis, ácidos resínicos. Em seu estado bruto (sem cortes), o âmbar tem propriedades antibacterianas, facilita a cicatrização de feridas, diminui a pressão arterial, aumenta a secreção biliar, tem efeito calmante, estimula o corpo a combater doenças e acelera sua regeneração.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade