Mais tecnologia ou um retorno às origens: o que pede a moda sustentável?

Tempo de leitura: 2 min

Escrito por admin
em novembro 24, 2022

As marcas estão agindo para cuidar do meio ambiente. Entenda como a tecnologia ajuda nesse processo

Estar atualizado nem sempre significa apostar em trazer algo extremamente novo a todo momento. Pelo contrário, a inovação pode estar em um consumo cada vez mais sustentável de produtos e serviços. Algumas marcas têm refletido sobre isso atualmente, em especial as ligadas ao setor têxtil. Afinal, o que significa ser uma marca de moda tecnológica? Fabricar roupas futuristas? Não necessariamente.

Uma das atuais respostas para a pergunta anterior é o trabalho de algumas marcas para fazer do mundo um lugar mais ecologicamente sustentável. Trazemos, a seguir, as principais tendências dessa união de moda, tecnologia e sustentabilidade.

Sustentabilidade: por que investir e como aplicar?

Cada vez mais, o mundo se preocupa com o futuro do planeta e os impactos ambientais que nossas ações estão causando. Aquecimento global, desmatamento, enchentes, furacões… Inúmeros são os fenômenos naturais causados ou potencializados pela atividade humana e que colocam em xeque nossa própria existência no planeta.

Pensando nisso, muitas empresas traçam como meta um plano de ações que consiga aplicar a sustentabilidade às tarefas cotidianas. No setor industrial, ideias sustentáveis começam a chegar à linha de produção.

E a sustentabilidade passa não só pelas ações internas de uma marca, mas também pelo produto que ela oferece aos clientes. Por exemplo, no setor de moda, uma marca de roupa pode ser mais sustentável ao oferecer, em seu catálogo, peças que tenham como característica a durabilidade, assim como a reciclagem do material.

Moda sustentável: como a tecnologia pode ajudar?

Quando falamos sobre peças de roupas que têm como característica a durabilidade, a tecnologia entra em cena. Façamos um exercício juntos: você veste uma camiseta para ir ao trabalho às 7h da manhã. Na cidade em que você mora está fazendo 30ºC ao longo do dia, por isso você sua muito na hora de sair e voltar para casa. Imagine como essa camiseta estará no final do dia.

É exatamente nisso que a tecnologia aplicada à produção de roupas ajuda: camisetas antiodor, antissuor, com tratamento antibacteriano, por exemplo, ajudam a reduzir o mau cheiro das peças e a diminuir a transpiração do corpo (proporcionando mais respirabilidade).

Tais recursos fazem com que a camiseta possa ser usada mais de uma vez sem nenhum tipo de constrangimento.  Isso é excelente para reduzir o volume de água gasta com a lavagem de roupas, assim como para diminuir o consumo de energia elétrica com o ferro de passar.

Além da possibilidade de reúso por lavagem, roupas tecnologicamente sustentáveis também tendem a durar mais do que as tradicionais. Assim, somos levados a um consumo mais consciente dos produtos como um todo.

Unir tecnologia e sustentabilidade significa mais do que lançar produtos futuristas ou apostar em produtos puramente artesanais. Demonstra adotar novas possibilidades para a confecção de produtos que possam ter algum tipo de valor diferente e possibilitem a manutenção do consumo sustentável. Por esse motivo, hoje, as chamadas fashiontechs têm unido esforços para que seus times de designers de roupas e analistas de dados tenham os melhores insights sobre as demandas de seus atuais e possíveis clientes.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade