Lead: Saiba como transformar leitores em leads dentro do seu conteúdo

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por gabriel
em fevereiro 13, 2023

Transformar leitores em lead é uma forma de se conectar com seu público-alvo, gerar autoridade para a marca, aumentar a presença digital, atrair clientes e aumentar o volume de oportunidades.

Afinal de contas, converter leitores em leads gera oportunidades fundamentais para o desenvolvimento de um negócio.

O que é um lead?

Trata-se de um consumidor em potencial que representa uma oportunidade de negócio, uma vez que já demonstrou interesse pela sua empresa de tubos de aço carbono de alguma forma.

Esse usuário já baixou um material no seu site, experimentou o produto ou pediu um orçamento. Em troca deixou seu contato, de forma que sua empresa pode se aproximar, estreitar o relacionamento com ele e ajudá-lo a tomar a decisão de compra.

Falando em outras palavras, um lead é um usuário que se encontra ao alcance da organização, independentemente do canal digital em que ele está conectado.

Com o crescimento do Inbound Marketing nos últimos anos, o conceito de lead ficou mais evidente.

Segundo essa perspectiva de marketing, as empresas não vão atrás dos clientes, pois são eles que chegam até ela, por meio de estratégias de atração, como o marketing de conteúdo e SEO.

No entanto, a maioria das pessoas que estão conhecendo uma marca, ainda não estão prontas para comprar ou não têm o perfil de cliente da empresa.

É preciso que elas passem por um processo de amadurecimento da decisão de compra, o que ocorre dentro do funil de vendas, que acompanha a jornada de compra e filtra quem realmente é uma oportunidade de venda.

Sua empresa fabricante de máquina de fazer açaí sabe que ao longo do funil, as equipes de vendas e marketing ficam em contato com os leads, tirando suas dúvidas e enviando conteúdos, até que eles estejam prontos para a compra.

Quais são os tipos de lead?

No funil de vendas, os leads podem ser classificados de variadas formas, de acordo com a etapa que se encontram e suas características. Vamos conferir quais são os tipos de leads.

Marketing Qualified Lead (MQL)

Esses são leads que, primeiramente, devem ser trabalhados pela equipe de marketing. São leads que entraram no funil porque receberam algum estímulo e demonstraram interesse no conteúdo da empresa.

Mas nesse estágio ainda não dá para saber se vão fechar negócio, de forma que é preciso fazê-los evoluir do funil.

Os leads qualificados da sua empresa de gerador para residência são aqueles que, segundo o processo de qualificação, ainda não estão prontos para chegarem até a equipe de vendas.

Isso pode ocorrer porque ainda não realizaram determinada ação, não estão maduros para a decisão ou não atingiram a pontuação de ativação no lead scoring.

Sales Qualified Lead (SQL)

Já esses são leads que devem ser trabalhados pelo time de vendas. Os SQLs são a evolução nos MQLs que já foram nutridos com conteúdos relevantes e já são considerados prontos para receber a abordagem de vendas.

No processo de qualificação eles são classificados quando atingem uma determinada pontuação no lead scoring ou cumprem critérios que foram definidos em conjunto pelas equipes de vendas e marketing.

Product Qualified Lead (PQL)

Esses são leads qualificados pelo produto. É um modelo usado em organizações que oferecem uma versão gratuita do seu produto como forma de geração de leads.

Após experimentarem o produto, demonstrarem interesse na versão paga do produto e atenderem aos critérios de qualificação, eles são encaminhados para a abordagem de vendas.

Esse modelo geralmente é usado em softwares SaaS, onde o usuário experimenta uma versão gratuita com funções limitadas ou por um período gratuito.

Ao realizar ações específicas que demonstram intenção de compra, a equipe de vendas se aproxima para oferecer a assinatura ou o upgrade.

A vantagem aqui é que o lead entra em contato direto com o produto de sua empresa de fachadas comerciais, antes da venda.

Isso permite que ele perceba o valor da solução e quebre objeções que surgiriam na etapa de venda, de forma que a abordagem dos vendedores se torna mais eficiente e rápida.

Service Qualified Lead

Esses são leads qualificados pelo uso do produto ou serviços da empresa como clientes. São pessoas que já compraram, gostaram do produto e demonstraram interesse em fazer um upgrade ou adquirir novas soluções do seu negócio.

Eles também podem ser chamados de SQLs, mas você deve ter cuidado para não confundir com os Sales Qualified Leads.

Aqui o lead já conhece bem a organização e já tem um relacionamento com ela. Os vendedores devem apenas identificar oportunidades de up-sell e cross-sell e abordar os clientes com mais chances de convertê-los.

Esse modelo tende a reter os clientes por mais tempo e reduzir o custo de aquisição de sua empresa de gôndola de parede, pois não é preciso investir em geração e nutrição de leads.

Por que converter leitores em leads?

Contar com um blog para conseguir converter leads mais qualificados possui uma série de benefícios e vantagens. Através dos conteúdos é possível gerar conversões orgânicas, muito bem direcionadas para a equipe de vendas.

Agregar valor ao leitor atua na atração de novos leads, que vão direto para o seu time comercial de vendas. Essa estratégia é uma forma de:

  • Aumentar sua presença digital;
  • Se conectar melhor com seu público-alvo;
  • Gerar autoridade para a marca;
  • Atrair clientes;
  • Aumentar o volume de oportunidades.

Converter leitores em lead gera 3 oportunidades fundamentais para o bom desenvolvimento do negócio de gravação a laser: gera mais engajamento, alcança os objetivos empresariais e melhora as métricas de vendas.

Como melhorar a conversão no seu blog

Após aprender as vantagens de converter seus leitores em leads, vamos falar sobre ferramentas e estratégias para otimizar os posts de seu blog.

Entregue conteúdos de valor

É uma experiência desagradável entrar em um blog depois de uma pesquisa no Google e encontrar um conteúdo ruim, repleto de publicidades, que não sane as dúvidas e tenta te forçar uma venda.

O primeiro passo para converter leitores em leads é entregar conteúdos únicos e exclusivos, que realmente agreguem valor ao público e com links para outros conteúdos relacionados com o tema para construção do conhecimento do leitor.

Tendo essa preocupação, você verá um impacto considerável tanto no engajamento quanto nas conversões.

Adicione CTAs nas imagens

Além dos textos, um conteúdo precisa utilizar imagens para sintetizar as informações e não deixar o post cansativo. Para aliviar a leitura e melhorar as taxas de conversão, utilize banners estratégicos conforme o contexto transmitido e transforme-os em CTAs (Call to Action).

No entanto, deve-se ter cuidado para não encher o conteúdo com muitas imagens e deixá-las mais interessantes que o próprio texto. Essas são características que prejudicam a experiência do leitor do blog de sua assessoria tributária.

Adicione CTAs em texto

Além dos links para direcionar o leitor, também é preciso colocar CTAs ao longo do texto para landing pages de e-books, webinars e conteúdos de outros formatos, como vídeos no YouTube, reels e stories no Instagram, além das páginas de contato e produto.

O mais indicado é colocar esses links no começo ou no final dos parágrafos, além de aproveitar trechos próximos aos subtítulos do texto.

Utilize Pop-ups

Pop-ups são irritantes porque a grande maioria delas não se relacionam com o tema do post. Certamente você já foi procurar uma receita e deu de cara com uma pop-up com ofertas de furadeiras ou tênis.

A ideia aqui é agrupar os diversos temas abordados no blog e criar pop-ups específicas para cada tema. Dessa forma, em vez de atormentar a leitura do usuário, você está encurtando o caminho para que ele encontre o que realmente procura.

Reduza a utilização de anúncios nos seus conteúdos 

Pior ainda do que ter que ficar desviando a visão das pop-ups para ler o conteúdo desejado, é encontrá-lo repleto de anúncios. Já faz tempo, mais de uma década que forçar a barra nas vendas é visto como um comportamento invasivo e inadequado.

Quando ocorrem negociações presenciais, é difícil o cliente escapar devido ao constrangimento. Mas no ambiente virtual, ele sai correndo e se transforma em mais uma visita de poucos segundos no site, algo que é péssimo para o posicionamento orgânico.

Quando sua empresa de fios e cabos elétricos preço utilizar anúncios em seus conteúdos, faça isso com parcimônia, se colocando no lugar do leitor.

Considerações finais

Após entender melhor o que é um lead, os tipos de leads, porque converter leitores e leads e conferir as principais ferramentas e estratégias para melhorar a conversão, você está pronto para ter um blog otimizado, que realmente converte leitores em leads.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade