5 dicas para evitar a inflamação da pele no pós-barba

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por gabriel
em outubro 25, 2022

Muitos homens sofrem com as inflamações causadas no pós-barba, pois essa é uma região muito sensível e o atrito da pele com os aparelhos de barbear pode gerar vermelhidão, coceiras e outras irritações conhecidas como pseudofoliculite ou foliculite.

Sabemos que muitos locais de trabalho exigem que se tenha a barba sempre lisinha, seja para questões estéticas ou até higiênicas como em uma fábrica de atacado de máscara descartável, onde não se pode ter contaminação.

Com essa rotina de tirar a barba praticamente todo o dia, é inevitável que a pele não fique irritada, mas saiba que todo esse problema pode ser evitado com a ajuda de alguns cuidados específicos.

Entenda mais sobre como solucionar esses problemas gerados após se barbear, como quais produtos utilizar, o que não fazer e como melhorar a sua relação com a lâmina de barbear.

Entenda melhor a irritação da sua barba

Se você observou algumas das características, como:

  • Vermelhidão no rosto;
  • Sensibilidade na pele;
  • Coceira na barba;
  • Umas “bolinhas” que surgem onde coça;
  • Descamação;
  • Inchaço.

Saiba que esses são sintomas de irritação na pele. Muitas vezes você pode ficar tentando achar uma razão para essa inflamação, fazendo toda uma análise de produtos alimentícios para saber se pode ser alguma alergia ou algo do tipo.

Mas saiba que na maioria dos casos a sua origem é pelo uso da lâmina de barbear, causada pelo atrito e todo o ato de se barbear em si, gerando uma enorme agressão na pele, essa irritação que chamamos de foliculite.

A foliculite da barba é causada por impurezas e microrganismos que são levados para dentro da pele através dos cortes feitos pelo barbeador que esteja gasto ou sujo, com isso se tem uma inflamação, que atinge o folículo.

Por isso é importante que se mantenha as lâminas de barbear limpas e que se troque regularmente.

Em uma analogia, os equipamentos epis usados na indústria servem para proteger o funcionário de acidentes, então ao manter suas lâminas higienizadas da maneira correta e trocando sempre, você irá proteger a sua pele de lesões e irritações.

A responsável pela foliculite é uma bactéria chamada Staphylococcus aureus, ela tem o costume de viver na superfície da nossa pele e geralmente não causam nenhum transtorno, porém gera infecções quando ela entra em nosso corpo.

Elas são responsáveis por aquelas bolinhas de pus que aparecem nas espinhas e que geralmente causam muita coceira.

Além da foliculite, também temos a pseudofoliculite, onde os sintomas são bem parecidos, mas ao invés de uma bactéria, é causada por pelos encravados, que voltam para dentro da pele, o que gera as infecções.

Como melhorar a irritação na pele?

Não existe nenhuma fórmula mágica para resolver a irritação da sua pele, mas é importante que a água que você use para barbear seja de boa qualidade e passe por um bom sistema de tratamento de água.

Além disso, é importante que se barbeie da maneira correta, por isso faça a limpeza certa da pele e use sabonetes específicos para o rosto, nada de usar o mesmo que usa para lavar o corpo, pois lembre-se das bactérias.

Use uma boa lâmina e descarte a sua assim que perceber que está gasta. Procure se barbear depois de um banho morno, pois os seus poros vão estar dilatados e fica mais fácil de cortar os pelos.

No primeiro corte, sempre raspe no sentido de crescimento dos pelos, isso vai ajudar com que eles não encravem.

Use espuma de barbear e outros produtos próprios para a barba que estão disponíveis no mercado, eles têm a função de limpar, facilitam o deslizar do barbeador e mantém a oleosidade natural da pele.

Assim como existem equipamentos específicos para determinadas atividades, como o uso de um chuveiro lava olhos em um ambiente com risco de contaminação química, é necessário usar os produtos próprios para barbear, já que eles também facilitam sua vida.

Hidrate a pele após se barbear, essa é uma dica de ouro, assim você fecha os poros e evita que a Staphylococcus aureus, aquela bactéria que causa foliculite, entre na sua pele.

Nada de economizar no seu barbeador, viu? Afinal é da sua pele que estamos falando. Aposto que, quando você procura etiquetas adesivas personalizadas para decorar suas coisas, você não economiza, então com as lâminas de barbear tem que ser a mesma coisa.

Lâminas ruins precisam ser passadas várias vezes no mesmo lugar, afinal elas não cortam bem o pelo, isso aumenta o atrito e consequentemente a irritação. Por isso, ao comprar um aparelho de barbear, fique atento a alguns pontos.

O primeiro deles é a quantidade de lâminas, porque os barbeadores que possuem mais lâminas evitam que você passe mais vezes o barbeador na pele. Preste atenção também na fita lubrificante, elas diminuem o atrito e facilitam que as lâminas deslizem da melhor forma.

Em terceiro lugar temos a faixa de segurança, dê preferência para os aparelhos de barbear que separam os pelos colados à pele antes da passada da lâmina, isso ajuda a evitar que os pelos encravem.

E por último, dê ateção a0 cabo ergonômico, esse tipo de cabo dá firmeza na hora de segurar o aparelho de barbear e diminui as chances de corte acidental.

5 ações para evitar irritação na pele

Sabemos que a vida é corrida e em algumas ocasiões, até mesmo no ambiente de trabalho, exigem que se tenha uma barba sempre feita, como empresas de segurança, clínicas de atestado médico ocupacional ou serviços de portaria.

Por isso, conheça alguns dos erros cometidos e que geram as irritações na pele, mencionadas nesse artigo.

1. Prepare a pele para o barbear

É importante que se garanta a lubrificação da pele para que o contato com a lâmina seja o menos traumático possível, por isso nunca se barbeie com a pele seca, use balm para barba, espuma de barbear, sabonetes para a pele, mas a mantenha lubrificada.

2. Use produtos próprios para a barba

Lubrificar a pele é um passo importante, mas não o único na hora de se barbear, por isso umidifique, hidrate e amoleça a sua pele da forma correta (não use shampoo, sabonetes ou outros produtos que não sejam de barbear).

Lembre-se que os produtos feitos para as barbas foram testados e aprovados, da mesma forma que existem produtos para tratamento de água para cuidar e torná-la o mais potável possível.

Os produtos para barba são fabricados especialmente para cuidar e tratar da pele, sendo assim ele umidifica e amolece os pelos da região, tornando todo o processo de barbear menos agressivo.

3. Use uma lâmina de barbear de qualidade

Como já falado acima, busque a melhor lâmina de barbear do mercado, pois mesmo com todos os cuidados, a lâmina vai causar algum tipo de agressão à pele, por menor que seja.

4. Se preocupe com o pós-barba

Ao se barbear, as células são removidas pela lâmina do aparelho de barbear, com isso os poros ficam abertos, onde ocorre o aumento da perda de água.

Por isso os cuidados devem ser feitos antes como já mostrado, mas principalmente depois, por isso é recomendado que se use algum produto que acalme a pele.

Isso irá aliviar o local e ajudar a criar uma camada que evita a penetração de microrganismos e substâncias indesejadas, como a bactéria já citada nesse artigo, além de promoverem a cicatrização.

Essa parte é fundamental, pois a pele dos homens tende a ter um processo de cicatrização mais lento se comparado com a pele das mulheres.

5. Respeite a “regra” de raspar no sentido dos pelos

É importante que se comece a barbear no sentido do pelo. Isso não é besteira, pelo contrário, ajuda a diminuir a irritação na pele, pois quando você corta os pelos ao contrário do crescimento, exige que você faça um movimento mais forte, ocasionando lesões.

Principalmente se você tem o pelo muito inclinado, essa dica faz toda a diferença, pois ao cortar o pelo por um mau ângulo, pode gerar pelos encravados.

Quais produtos utilizar na sua pele irritada?

A palavra-chave aqui é prevenir, afinal manter os cuidados diários com a sua pele vai ajudar com que ela seja mais saudável e não sofra tanto com os problemas ao barbear.

Mas caso a sua pele já esteja inflamada ou irritada, é importante que se use alguns produtos específicos que possuam ativos ceratolíticos, que vão esfoliar e afinar a camada superficial da pele.

Além disso, os cremes ou pomadas com ação anti-inflamatória e antibiótica são os mais recomendados, pois vão conseguir tratar todo o problema gerado por essa inflamação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade