Google Web Stories: Entenda como funciona esse recurso do Google e comece a usar

Tempo de leitura: 8 min

Escrito por gabriel
em julho 4, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

O Google Web Stories é uma ferramenta inovadora que oferece ao usuário uma experiência única e dinâmica. Esse novo recurso está atualmente disponível nos Estados Unidos, Índia e Brasil, mas no futuro a empresa expandirá o para mais países.

Essa é uma grande notícia não só para profissionais de SEO, de marketing e criadores de conteúdo, mas também para diversos segmentos de negócios, como restaurantes, padarias, gráfica para impressão de apostilas e todas as empresas que possuem site e blog com objetivo de crescimento.

Ele veio para atender a necessidade de consumo de conteúdo mais recente, introduzido pelo formato de stories como o Instagram, imerso e alimentado pela tecnologia AMP.

Se você quer saber como funciona, como e quando usá-los no seu blog, continue lendo este artigo para ficar por dentro de tudo sobre o assunto. Confira!

O que é o Google Web Stories?

O Google Web Stories é basicamente um recurso de stories muito parecido com o do Instagram, Facebook e Snapchat, em que é possível postar conteúdos curtos, visuais e no estilo desejado.

Este é um plugin que o Google lançou para WordPress que ajuda os editores a criá-los no estilo das redes sociais.

No decorrer de seu desenvolvimento, eles se transformaram de prévias de artigos (com a possibilidade de direcionar o tráfego para um determinado link) em stories reais e completos, capazes de contar um evento, enquetes e tudo mais.

Essas páginas são, portanto, apresentações visuais, uma série de imagens ou vídeos rápidos que um usuário pode ver enquanto navega. Funciona também como um monitoramento eletrônico para certificar se os usuários estão interagindo com os conteúdos do blog ou site.

Quando um storie termina, há um pequeno call to action (CTA) que pode incentivar o público a visitar um determinado site para obter mais informações.

Como eles funcionam e são criados?

Se o seu site está no WordPress, existe o plugin oficial Web Story com uma interface intuitiva, e não é necessário uma calibração de equipamentos, pois inclui templates simples para ajudá-lo a começar.

Depois que o story é feito, o plugin cria uma nova postagem personalizada para a Web Story publicar, mesmo que não apareça no feed da sua página inicial.

Os Web Stories ficam inseridos em suas próprias mini páginas no WordPress, então você não precisa incorporá-las ou enviar tráfego para elas. Em vez disso, você pode usá-los para trazer mais usuários ao seu site, fazendo com que os leitores queiram ler seus artigos depois de curtir a história.

Por outro lado, desviar o tráfego da postagem do blog para a Web Story não é algo muito recomendado, pois não é funcional para o alcance de seus objetivos. Por esse motivo, não é recomendável incorporar Google Web Stories em artigos.

O objetivo final é trazer milhares de novos visitantes para as Web Stories do Google Discover, assim o CTA ao final dessas histórias terá que atrair os leitores a visitar seu site, onde seus anúncios serão otimizados.

Como utilizar o Google Web Stories?

Tenha você um blog sobre comércio de luminárias ou sobre alimentação saudável e receitas, é simples utilizar o Google Web Stories no WordPress. Você pode usar ferramentas simples, como o editor oficial do Web Story criado pelo Google.

Esse plugin WordPress oferece várias opções para criar o Google Stories mais fácil de usar, graças à poderosa ferramenta de criação.

Você também terá acesso à biblioteca de mídia do WordPress, então ao criar suas histórias, você pode pegar seus ativos de mídia diretamente do painel do plugin.

Para começar, você pode baixar manualmente o editor Web Story do diretório do WordPress ou instalá-lo diretamente do painel de administração da plataforma. Se você for com a segunda opção, estas são as etapas:

  • Faça login no seu site WordPress;
  • Selecione “Plugins” no menu e clique em “Adicionar novo”;
  • Na barra de pesquisa, digite “Web Stories”;
  • Instale e ative-o;
  • Volte ao painel do WordPress e selecione a opção “Histórias”;
  • Abra o painel do Web Stories;
  • Clique no botão “Criar nova história” ou escolha “Explorar modelos”;
  • Crie e personalize seu Google Web Story desejado;
  • Para instruções detalhadas, veja o guia de configuração.

De fato são processos simples e intuitivos que você poderá verificar em seu blog ou site. A própria plataforma disponibiliza um tutorial para que as pessoas aprendam os primeiros passos para o uso dessa ferramenta, então não se preocupe tanto.

Mesmo que seja um site corporativo, que tenha poucas informações e conteúdos, como um site de equipamentos topográficos, que mostra somente informações de contato ou fotos da fachada da empresa e da equipe de topografia.

Ainda assim vale a pena experimentar este novo recurso do Google para os sites, afinal é importante ficar por dentro de todas as mudanças. Veja agora essas dicas essenciais para utilizar bem o Google Web Stories:

Crie histórias para as postagens mais importantes primeiro

Criar histórias para as postagens mais importantes primeiro pode parecer contra-intuitivo, já que você normalmente tende a classificar o conteúdo mais recente.

Mas existe uma regra muito específica que explica o motivo dessa escolha. Se o Google achar que você é um especialista em um determinado tópico, ele pensará que você também é um especialista em uma Web Story sobre ele.

A criação do Google Web Stories para um artigo importante é uma espécie de anúncio do seu conteúdo. A razão pela qual você está fazendo isso é dupla: primeiro, é provável que você esteja bem posicionado nessa nova ferramenta. 

Segundo, a história é um novo lugar para o Google mostrar sua experiência. É tráfego adicional no Google Discover, que você não obteria apenas com sua classificação orgânica. E mesmo que você já esteja em primeiro lugar para um determinado artigo, ainda é um ganho líquido de novo tráfego.

Insira links

O Google recomenda que você incorpore as histórias, vinculando-as a partir de sua página inicial ou de páginas de categorias relevantes. É definitivamente uma ótima ideia se você tiver páginas iniciais estáticas ou páginas de categorias, onde é fácil adicionar conteúdo exclusivo.

Assim como na pesquisa orgânica normal, o Google tenta conhecer e avaliar uma história com base em quais links externos e internos apontam para ela.

Obviamente, o primeiro link para a história terá que ser colocado no artigo a que a história se refere. Vincular as duas partes do conteúdo ajudará o Google a encontrar a história sem as desvantagens da incorporação.

Além disso, o Google quer que os editores criem uma página de destino separada das histórias da web. Uma página que, portanto, conterá links para todas as suas histórias da web e que poderá ser acessada a partir de sua página inicial.

O conselho é usar a página de destino padrão que o WordPress cria para tipos de postagem personalizadas. O objetivo é manter sua página de destino a um clique de distância de sua página inicial, e é por isso que as histórias da web estarão a dois cliques de distância.

Preste atenção ao seu conteúdo

Escolha um nome/título que faça sentido para a palavra-chave que você está segmentando, mas que não seja o nome/título do seu post. Certifique-se de que seja atraente para o espectador, pois ele verá seu título em “Descobrir” acima da imagem da capa da sua história.

Por exemplo, se o seu site é sobre segurança empresarial, não precisa somente abordar assuntos técnicos de controlador de acesso empresas, identificação de colaboradores, etc.

É preciso abordar os conteúdos de forma dinâmica e que instiguem os leitores a continuarem lendo. Ou seja, tenha em mente que a importância sempre continua sobre o conteúdo.

Além disso, preste atenção às recomendações de práticas recomendadas do Google, com conteúdo curto e visual baseado essencialmente em imagens e vídeos que preencherão a tela.

Um Web Story com apenas 2-3 imagens, que forçam o leitor a acessar o site para obter qualquer informação útil sobre o tema proposto, não proporcionam uma boa experiência ao usuário.

Por outro lado, histórias que transmitem informações sobre uma postagem de um ângulo diferente podem ser ótimas, como um “making of” de uma receita ou artesanato, ou até mesmo os bastidores de uma empresa de barreira acústica.

Claro que alguns mais que outros, porém em todos os segmentos e nichos é possível tornar os conteúdos mais criativos e interativos.

Acompanhe histórias da web no Google Analytics

O plugin Web Story também permite que você insira seu ID do Google Analytics e pode inserir automaticamente o código de rastreamento correto para você.

No entanto, o ideal seria criar um perfil separado do Google Analytics para acompanhar as histórias da web. Isso ocorre porque o tráfego para as Web Stories não é exatamente o mesmo que o tráfego para o site.

As histórias são, na verdade, um tipo de anúncio publicado para seu próprio conteúdo no Google Discover.

O objetivo das Web Stories deve ser fazer com que os usuários cliquem no site, seja ele um site de decoração ou um site de soluções tecnológicas que fala sobre cabeamento estruturado de fibra óptica, por exemplo.

Portanto, independente do segmento, o que deve ser considerado é o tráfego que vai do Web Story até o foco principal, que é o site.

Você pode aprimorar ainda mais a experiência integrando um Web Story Player em seu site. Ele permite que os usuários naveguem facilmente por várias histórias, e ainda que eles personalizem quais mostrar em seguida.

Quando as histórias são fáceis de descobrir, as visualizações e o engajamento podem aumentar, oferecendo mais oportunidades para monetizar o conteúdo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.