Dicas para manter o hálito fresco o dia todo

Tempo de leitura: 4 min

Escrito por lucas
em março 31, 2023

Ter mau hálito é um problema sério que causa uma série de consequências, como o mal-estar do paciente e inseguranças causadas pelo constrangimento de estar com a boca fedendo, o que por sua vez causa danos à autoestima e, por isso, pode afetar a saúde mental da pessoa, deixando-a deprimida. 

Sendo assim, é possível afirmar que os cuidados não só com o hálito, como com a saúde e bem-estar bucal, são extremamente importantes para garantir uma boa qualidade de vida, já que ter uma boa autoestima e uma saúde mental em dia é de extrema importância para que o resto do nosso corpo siga em paz e com um bom funcionamento. 

Sendo assim, confira a seguir tudo o que você precisa saber a respeito da halitose, ou mau hálito, entendendo como ele pode surgir, quais os alimentos que podem causar essa situação e algumas dicas de como evitar esse mau cheiro na boca, para manter um sorriso estético, com ou sem o uso de lente de contato dental, com saúde e qualidade de vida. 

O que é o causador do mau hálito?

Assim como já mencionado anteriormente, o mau hálito é um problema muito chato e constrangedor, mas deve ser levado a sério já que ele pode indicar a falta de higiene bucal, (da qual deve ser melhorada), ou até mesmo problemas relacionados ao sistema digestivo, já que nesses casos a halitose é um sintoma. 

Entretanto, o principal causador do mau hálito é a falta da higienização bucal completa, seja por falta de escovar os dentes da forma correta ou, até mesmo, por falta de escovação da língua.

O fato é que esse lapso é responsável por favorecer o acúmulo de placas bacterianas, cáries ou gengivite que podem levar ao cheiro ruim, principalmente para quem usa aparelho de dente.

Mas calma, não precisa ficar preocupado, já que esse problema, quando relacionado a falta de higiene bucal, pode ser facilmente solucionado, através de um tratamento dentário com um profissional dentista. 

Porém, se você estiver tratando a sua halitose com o devido acompanhamento de um profissional dentista, que por sua vez pode ser especialista em prótese fixa, e o problema não cessar, isso por ser um indicativo que ele pode estar sendo causado por doenças relacionadas a distúrbios mais sérios, como por exemplo:

  • Diabetes;
  • Refluxo gástrico;
  • Insuficiência renal;
  • Insuficiência hepática.

Nesses casos, com indicação médica, é necessário realizar exames de sangue para identificar o cerne do problema e solucioná-lo.

Quais alguns dos alimentos podemos evitar para ajudar neste processo?

Uma vez que sua halitose tenha sido diagnosticada, é possível adotar algumas ações que vão te ajudar no tratamento desse mau cheiro. Portanto, confira a seguir alguns truques que podem evitar e ajudar no processo de se livrar do mau hálito:

  1. Não consuma determinados tipos de alimentos

Uma boa alimentação é crucial para manter a saúde bucal, principalmente para quem quer evitar a necessidade de colocar prótese protocolo.

Dessa forma, é preciso conhecer alguns alimentos que são considerados odoríferos e favorecem o mau hálito, como é o caso da cebola e alho. 

Contudo, além deles, alimentos ricos em proteína e gordura animal, como o salame e a mortadela, ou até mesmo os queijos amarelos consumidos em excesso, também podem ser responsáveis pelo mau cheiro.

Portanto, se a ideia é ficar longe do mau hálito diminua a  alimentação que contenha esses produtos.

  1. Consuma quantidades generosas de água

A água é essencial para o corpo como um todo. Para evitar o mau odor na boca é importante beber bastante água, já que ela é capaz de ajudar a evitar o ressecamento da boca, característica que é uma das causas para que o cheirinho ruim se manifeste quando você menos esperar.

  1. Procure se alimentar com períodos de 3 em 3 horas

Ficar muitas horas em jejum é pedir para ter mau cheiro. Além de fazer mal para saúde em geral, ficar várias horas sem comer provoca o mau odor mesmo quando o paciente mantém a devida higiene bucal.

  1. Chiclete sem açúcar pode ser um grande aliado

Desde que seja sem açúcar, o chiclete é um grande aliado da saúde bucal, já que mascá-lo estimula a produção de saliva e ainda proporciona um hálito super refrescante!

Quais algumas dicas podemos realizar para evitar o mau hálito?

Para evitar o mau hálito, doenças bucais e até manchas nos dentes, fazendo com que o paciente precise buscar por um clareamento a laser, por exemplo, as principais ações de prevenção são: visitas regulares ao dentista, alimentação adequada e a higienização bucal, com a escovação devido após todas as refeições.

Dessa forma, é possível garantir não só um sorriso estético e cheiroso, como também a saúde bucal e uma melhor qualidade de vida. 
Para mais conteúdos relacionados à Marketing Digital, Negócios e Saúde, acesse nosso portal.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade