Câmbio automotivo: 6 causas para explicar o barulho ao usar a embreagem 

Tempo de leitura: 7 min

Escrito por gabriel
em junho 13, 2022

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Compartilhe agora mesmo:

A embreagem do carro é uma das peças de desgaste mais rápido nas caixas de câmbio automotivo. Caso você comece a ouvir barulhos estranhos ao trocar de marcha, talvez seja a hora de trocar de embreagem.

Os ruídos da embreagem podem ter causas muito diferentes, ou seja, pode ser causado, por exemplo, pelo contato excêntrico do acoplamento a um eixo de entrada descentralizado ou um mancal de guia defeituoso.

Por outro lado, ruídos também podem ser devido a alterações de carga se os discos da embreagem forem fornecidos com pré-amortecedores. Tais ruídos não afetam a operação ou a vida útil da embreagem.

A montagem de componentes incorretos ou a montagem do disco de embreagem na posição incorreta também podem causar ruídos na bomba de engrenagem. O ruído da embreagem também pode indicar um defeito. Vamos ver mais adiante sobre isso!

6 motivos de problemas de barulho com embreagem

Antes de mais nada, você sabe por que a embreagem do seu carro está com barulho estranho?

Primeiramente, para manter o bom funcionamento do carro é preciso estar atento aos pequenos problemas que podem por acaso surgir, e que, se não forem resolvidos, podem se tornar problemas muito maiores e ter que levar à assistência técnica Bosch Rexroth.

Todo veículo motorizado possui um sistema mecânico complexo repleto de pequenas peças que se desgastam com o tempo e naturalmente precisam ser substituídas.

Para saber avaliar o estado de funcionamento da embreagem, por exemplo, é preciso prestar atenção em alguns aspectos importantes para o desempenho. Por não ser algo visível, como um pneu ou mesmo um motor, é comum ter dúvidas quanto ao seu funcionamento.

Por isso, neste artigo, vamos abordar as 6 principais causas dos problemas com a embreagem que causam barulho e desajustes.

  1. Acoplamento da embreagem do carro

A função da embreagem é evitar danos à transmissão e contribuir para o melhor conforto do passageiro. Logo, dirigir no trânsito é apenas um dos principais campos de batalha de uma embreagem.

Ou seja, quando a embreagem faz movimentos anormais em relação ao seu funcionamento regular, ou seja, quando está desalinhada em relação ao eixo da engrenagem mesmo por uma quantidade muito pequena, o corpo do acoplamento flexível é o primeiro a pagar o preço.

Portanto, as causas que levam a danos no acoplamento flexível podem ser diversas, desde um projeto incorreto até um defeito de fabricação no acoplamento do corpo do disco com a tampa que contém as molas.

Um problema que geralmente poderia ser evitado ao evitar dirigir no trânsito com cargas altas, acelerando e desacelerando em uma marcha baixa em rpm média-alta com motor hidraulico de pistão.

No entanto, quando o acoplamento flexível está prestes a ceder, os solavancos vindos da caixa de velocidades são ainda mais amplificados, causando um barulho na embreagem.

Logo, é um sinal claro de que algo está errado com o sistema de embreagem e você precisa ir à oficina.

  1. Rolamento de liberação da embreagem desgastado

Outra causa dos ruídos e barulho da embreagem ao pisar no pedal pode ser um rolamento de liberação da embreagem desgastado (aquele que pressiona a mola da placa de pressão).

Para perceber se esta é a origem do ruído, o especialista terá de desmontar a caixa de velocidades e procurar ranhuras de desgaste anormais.

Isso pode ocorrer porque, devido à folga excessiva, o rolamento pode se mover e transladar mesmo na posição de repouso, esfregando no empurrador do disco.

Além disso, o conserto de balança rodoviária deve ser realizado o quanto antes a fim de evitar maiores prejuízos.

  1. Desalinhamento do disco da embreagem

A caixa de câmbio barulhenta nunca deve ser subestimada, pois pode ser tarde demais ao postergar e levar na oficina ou na assistência e ter que trocar outras peças que estão envolvidas.

Logo, no caso do ruído causado pelo desalinhamento do disco da embreagem em relação ao eixo da caixa de câmbio, é preciso recorrer logo ao reparo.

O risco é que, durante a operação, possa lixar e danificar as ranhuras de acoplamento com as engrenagens. Quando o dano é feito, não há mais transmissão de movimento entre o volante e o eixo da engrenagem, que então gira as rodas causando o barulho.

  1. Falta de lubrificação

Como o motor e outros componentes do veículo, o câmbio automático ou embreagem requer lubrificação constante. O óleo usado no sistema é mais viscoso que o motor e dura mais.

Mas pode haver alguns vazamentos, e se o sistema começar a secar, a fricção entre eles pode fazer muito barulho. Além disso, o acoplamento torna-se mais difícil sem a devida lubrificação.

Todo sistema mecânico de um carro é integrado, e por isso é essencial estar tudo alinhado para evitar tanto problemas com a embreagem, como problemas com demais áreas do sistema do veículo.

Por isso é essencial realizar com periodicidade ensaios não destrutivos e inspeção, ou seja, a manutenção regular do seu carro.

  1. Engrenagens quebradas

Durante o uso regular do veículo, com o tempo alguns dentes das engrenagens podem se desgastar ainda mais ou até quebrar. Se for uma fratura pequena, em um único dente, haverá menos danos.

O problema é que outros podem ocorrer e a alavanca pode não estar travada em alguns pontos, então você vai começar a perceber que, além do barulho, as marchas podem derrapar com o carro em movimento.

  1. Trambulador com problemas

O trambulador é uma peça esférica que está posicionada na base da alavanca de câmbio.

Ele é responsável pelo movimento vertical e horizontal da engrenagem, permitindo que ela se encaixe nas engrenagens.

Defeitos na alavanca de câmbio podem gerar ruídos e até dificuldade para engatar a marcha correta. Um truque para evitar os problemas como esse é não dirigir com a mão direita permanentemente pressionada no manete.

Isso evita também que atuadores pneumaticos causem desgastes nos pneus.

Dicas para ter cuidado com o carro

O carro é um bem precioso que muitos usam diariamente para ir ao trabalho, faculdade e compromissos em geral. Para evitar avarias, algumas dicas são essenciais para manter seu carro bem alinhado por muitos anos, como por exemplo:

  • Estudar seu carro;
  • Fazer revisões periódicas;
  • Ter cuidado ao dirigir com cargas pesadas;
  • Evitar deixar pequenos reparos para depois;
  • Cuidado com o uso irregular dos freios.

Esses e outros detalhes são importantes para você manter o seu carro em ordem por mais tempo, evitando também problemas maiores que podem ocorrer por falta de revisão.

Estudar seu carro

Uma dica muito útil é definitivamente ter em mente que nem todos os carros são idênticos.

Isso significa que é preciso prestar atenção ao tipo de engrenagem do seu carro, como funciona o motor, quais as especificações e cuidados essenciais de acordo com o sistema mecânico de seu veículo.

Fazer revisões periódicas

É preciso fazer revisões periódicas do seu veículo com uma seguradora ou oficina de confiança. Assim como se deve fazer uma revitalização de fachada de um prédio periodicamente, a manutenção completa é essencial para a preservação do seu veículo.

Por isso, pesquise bem sobre a seguradora e oficina que fará as revisões do seu automóvel, bem como não postergue esse cuidado tão importante por muito tempo.

Tenha cuidado ao dirigir com cargas pesadas

Quando o carro está com muita carga na mala ou até mesmo em um banco, é muito importante prestar atenção na calibragem de pneus e também nos freios do veículo.

Nesta condição, a calibragem dos pneus recomendada pela fábrica é diferente e deve ser checada no manual do proprietário.

Ou seja, todo carro vem com um manual que mostra a capacidade de peso do veículo. Vale a pena dar uma conferida antes de andar por aí com o veículo cheio de carga.

Evitar deixar pequenos reparos para depois

Como já mencionamos em alguns momentos neste artigo, nenhum reparo, por menor que seja, deve ser deixado para fazer depois. “Prevenir é melhor que remediar” aplica-se ao corpo humano, mas também aos nossos carros.

A manutenção regular do veículo sem dúvidas irá evitar despesas bem maiores. Afinal, pode prejudicar outras peças do sistema do seu veículo e aumentar os danos a serem reparados.

Caso ocorra algo com a engrenagem ou qualquer outra peça, o melhor é realizar uma manutenção defensa metálica simples do que não fazer. Sempre procure um especialista de confiança e que seja reconhecido em seu trabalho para reparar algum dano no seu veículo.

Cuidado com o uso irregular dos freio

Uma dica para os proprietários de carros com sistema automático é não deixá-lo parado no modo de “estacionamento” e excluir de vez o uso do freio de mão. Isso não é bom para o seu carro.

Ele exerce uma pressão desnecessária em um pino de metal que, com o tempo, pode não conseguir mais travar as rodas.

Tenha uma atenção constante no funcionamento das peças do seu carro e procure ajuda especializada assim que descobrir algo que não está funcionando como deveria, assim você pode prolongar a vida útil de várias peças.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.