A história por trás dos saltos altos

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por mateu
em novembro 9, 2023

Uma breve história de como os saltos viraram sapatos femininos 

Os saltos altos são um elemento icônico da moda que há muito fazem parte do guarda-roupa das mulheres. Este sapato feminino, conhecido por elevar a estatura e dar uma aparência mais elegante, tem uma história fascinante que remonta há séculos. Neste artigo, exploraremos a evolução e a história dos saltos altos, desde suas origens até sua popularidade contemporânea.

Origens dos saltos altos

Os saltos altos têm suas raízes em civilizações antigas, como o antigo Egito, onde eram usados tanto por homens quanto por mulheres. No entanto, o propósito dos saltos era muito diferente do que vemos hoje. No Egito, eles eram usados para elevar os pés acima do solo quente e poeirento, mantendo-os limpos e protegidos. Os romanos, por sua vez, usavam solas grossas nos seus calçados para indicar status social e autoridade.

A evolução para o sapato feminino

A transição dos saltos altos para o universo do sapato feminino começou na Europa no século XVI. As mulheres da alta sociedade adotaram essa tendência, vendo nos saltos altos uma forma de destacar a sua elegância e estatura.

A rainha Mary I da Inglaterra, por exemplo, era conhecida por usar saltos altos para realçar sua presença. Com o tempo, os saltos altos se tornaram um símbolo de poder e status, especialmente entre as mulheres da realeza e da nobreza.

O barroco e o rococó

Durante os períodos do barroco e rococó, que abrangem os séculos XVII e XVIII, os saltos altos atingiram novos patamares de extravagância e criatividade. Sapateiros da época passaram a criar sapatos femininos elaborados com saltos altíssimos e ornamentados. Os saltos, muitas vezes, eram decorados com detalhes exuberantes, como pedras preciosas e laços, refletindo a opulência das cortes europeias.

Revolução Industrial e saltos altos

A Revolução Industrial no século XIX trouxe mudanças significativas na fabricação de calçados, tornando os saltos altos mais acessíveis. Isso possibilitou que um número maior de mulheres usasse esses sapatos femininos em suas atividades diárias. No entanto, a moda dos saltos altos experimentou altos e baixos ao longo do século, muitas vezes influenciada por tendências de vestuário e necessidades práticas.

A Era Dourada de Hollywood

O século XX testemunhou a ascensão dos saltos altos como um ícone da moda. Celebridades de Hollywood, como Marilyn Monroe e Audrey Hepburn, popularizaram o uso de saltos em filmes e eventos de tapete vermelho. Eles tornaram-se um símbolo de feminilidade e glamour. Marcas de moda e designers de calçados começaram a produzir uma variedade de estilos, desde scarpins elegantes até sandálias de tiras sofisticadas.

A Revolução Feminista e a moda unissex

A década de 1960 viu o início de movimentos feministas, que trouxeram à tona questões de igualdade de gênero, incluindo a moda. Algumas feministas argumentaram que os saltos altos eram uma forma de opressão e uma imposição de padrões de beleza. Como resultado, muitas mulheres começaram a optar por calçados mais confortáveis e práticos. No entanto, os saltos altos continuaram a ser usados por aquelas que os consideravam uma expressão de confiança e estilo pessoal.

Saltos altos na moda contemporânea

Atualmente, os saltos altos continuam a ser um elemento de destaque na moda feminina. A variedade de estilos disponíveis é impressionante, desde os clássicos scarpins até os modelos mais ousados e criativos. Além disso, a moda unissex tem desafiado as fronteiras tradicionais dos gêneros, com homens adotando saltos altos como parte de seu guarda-roupa.

A história dos saltos altos é uma narrativa rica que abrange séculos de evolução e mudança. Desde suas origens funcionais no antigo Egito até sua consagração como símbolo de elegância e feminilidade, os saltos altos têm sido parte integrante do mundo da moda. Independentemente das tendências e controvérsias, eles continuam a desempenhar um papel importante na moda contemporânea, proporcionando estilo, confiança e expressão pessoal às mulheres de todo o mundo.

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade