A evolução do iPhone: saiba o que mudou e o que permaneceu igual

Tempo de leitura: 3 min

Escrito por admin
em dezembro 6, 2022

Smartphone ainda é referência em desempenho e design, mantendo o seu legado

A Apple é uma marca americana, fundada na década de 1970, e conhecida pela sua inovação ao longo da história. Hoje, alguns dos melhores iPhones ainda são de gerações passadas, o que demonstra que a empresa leva a sério a qualidade de seus produtos.

Como acontece anualmente, o evento da Apple apresentou em 2022 os novos modelos do iPhone 14, nas versões standard, Plus Pro e Pro Max. Algumas questões foram levantadas nos últimos anos, como a necessidade de uma nova geração a cada ano, com poucas alterações significantes nos modelos. 

Mas desde o seu lançamento em 2007, o iPhone passou por inúmeras transformações. Algumas das características do primeiro modelo ainda podem ser identificadas nos aparelhos de hoje, mas agregando tecnologias que tornam a experiência de usar o aparelho única. 

iPhone: um resumo da história do produto mais famoso da Apple

Fundada pelo lendário Steve Jobs, a Apple começou como uma marca de computadores, a linha Macintosh. Nos anos 2000, a marca ganhou ainda mais popularidade pelos iPods, gadgets de reprodução de música e vídeo em formatos como mp3. 

Em 2007, o fundador da Apple surpreendeu o mundo com o primeiro iPhone, uma mistura de celular, iPod e computador compacto. Até então, os aparelhos de telefone eram quase restritos à troca de mensagens, ligações, jogos com poucos recursos interativos e reprodução de música.

Ao propor o uso de aplicativos para diferentes funções, e tudo funcionando por conexão de internet, o iPhone chegou movimentando o mercado. Na cultura pop, ele virou um item de desejo, sendo alvo inclusive de falsificações, e marcou um período onde a tecnologia iria alcançar novos patamares na vida das pessoas. 

O sucesso do iPhone até os dias atuais

Os anos seguintes ao lançamento do iPhone fizeram com que a indústria de tecnologia e celulares mudasse completamente. Até meados de 2010, celulares com tela sensível ao toque, lojas de aplicativos e conexão com internet móvel foram ganhando espaço no mercado, mas ainda sem competir diretamente com a experiência oferecida pelo iPhone. 

iPhone 4 e 4s.

Lançado em 2010, o iPhone 4 trouxe a primeira grande mudança visual no smartphone. Levemente mais alto, com linhas retas e acabamento premium de aço e vidro, o modelo chamou a atenção também pela sua câmera frontal. Um erro de desenvolvimento fez com que as antenas não funcionassem corretamente, o que foi corrigido no modelo 4s. 

iPhone 5 e 5c

Já o modelo iPhone 5, trouxe algumas mudanças no design e também no hardware. Com uma tela de 4 polegadas, e acabamento totalmente de alumínio, ele veio mais leve que a versão anterior, e introduziu o conector Lightning, usado até hoje como entrada padrão pela empresa na maior parte de seus produtos. 

O iPhone 5c surgiu no mercado como uma opção mais acessível, já que os preços de um smartphone da maçã acompanharam a fama no mercado. Com acabamento em plástico, e com um hardware mais singelo, o iPhone 5c se tornou um modelo de entrada para novos fãs da marca.

iPhone 6, 6 Plus e 7

A geração anterior apresentou o Touch ID, que substituiu o tradicional botão Home presente nos modelos anteriores. O lançamento do iPhone 6 marcou a mudança de visual no aparelho, com uma tela bem maior, design arredondado, performance arrojada e integração com o Apple Pay, sistema de pagamentos contactless da Apple. 

O iPhone 6 Plus veio como opção para quem gosta de telas maiores, uma tendência que foi seguida nos anos seguintes por todas as fabricantes. A tela de 5,5 polegadas no iPhone 6 Plus e resolução Full HD ganhou os consumidores que queriam assistir e gravar vídeos com alta qualidade.

No iPhone 7, a grande mudança foi a remoção da entrada padrão para fones de ouvido, dando lugar a uma única entrada via Lightning. No mesmo ano, a Apple divulgou sua linha de fones sem fio, os Air Pods. O iPhone 7 também ganhou proteção IP67, e manteve o 3D Touch no lugar do botão home tradicional.

iPhone 10

Enquanto o iPhone 8 trouxe poucas mudanças de design, introduzindo apenas o carregamento sem fio na traseira, a geração X do iPhone indicou novos caminhos para o produto. Sem botões na parte frontal, com um notch visível e três versões do smartphone, o modelo segue sendo um dos melhores até hoje. 

iPhone 11 e atuais

A chegada do iPhone 11 e suas versões Pro e Pro Max veio com grandes mudanças. Além do visual mais reto, fazendo referência às gerações 4 e 5, a traseira dos modelos ganhou o ”cooktop” de câmeras mais potentes. O destaque, além da qualidade de imagem, fica por conta dos processadores. 

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade